Quem Somos

Quem somosAo longo de sua trajetória neste planeta, a humanidade ampliou seu domínio sobre o uso de recursos naturais: passando do uso para atender necessidades de subsistência, para um uso intensivo, determinado pelos níveis atuais de produção de bens e serviços, ora determinados principalmente por desejos de consumo.

O crescimento do padrão de consumo se deu de forma exponencial, dentre outros fatores, devido ao desenvolvimento de tecnologias que permitiram máquinas construírem e controlarem máquinas, levando à introdução de linhas de produção automatizadas. Esse modelo de produção teve consequências determinantes do que vivemos atualmente: desemprego, altas taxas de exploração dos recursos naturais, e dos seres humanos, forte materialismo, individualismo, grande quantidade de resíduos, concentração de renda, etc.

A cultura que se constrói é, ao mesmo tempo determinante e determinada por esse modelo, e é caracterizada por valores, referências conceituais, percepções acerca da realidade, que estimulam e reforçam o quadro de insustentabilidade do modo de vida em nosso Planeta.

A atuação da Aram se pauta pela crença de que é possível a reconstrução do desenvolvimento socioeconômico em equilíbrio com a natureza e com a sociedade. Essa reconstrução principia pela transformação do nosso pensamento, seja pela incorporação de novos conhecimentos, novas tecnologias, novos modelos de gestão de negócios, seja pela recuperação de princípios éticos de convivência humana, pacífica e colaborativa, frente à natureza e à própria sociedade.

A palavra Aram deriva do Tupi-Guarani e tem como principais significados: Sol e o Tempo primordial da Natureza. Estes significados inspiram nosso trabalho, no sentido de auxiliar no descortinamento de novos caminhos para a atuação do Governo, de empresas e demais organizações, de modo a termos uma sociedade que cresça e se desenvolva com mais equilíbrio.

Nossa atuação focaliza-se em duas grandes áreas de competências:

  • Educação para a sustentabilidade;
  • Tecnologia para a sustentabilidade.

Em ambas, buscamos a construção coletiva de uma visão mais ampla, sistêmica e o desenho, implementação e monitoramento de ações inseridas na gestão das organizações.

Na área de educação para sustentabilidade, desenvolvemos atividades que promovem a reflexão e o aprofundamento do tema, em ações de formatos diversos, tais como: workshops, oficinas, cursos, seminários e encontros. O objetivo central é a inserção da sustentabilidade no planejamento e na gestão das organizações, sempre de forma sistêmica, permitindo ampliar a abrangência da gestão, de forma a incluir todos os públicos com os quais as organizações se relacionem.

Na área de tecnologia para sustentabilidade, atuamos no mapeamento de situações ou problemas complexos, com os quais governo ou empresas se defrontam para a melhoria de sua atuação e nos quais as tecnologias de informação e comunicação (TICs) podem oferecer um novo caminho. A partir deste mapeamento, realizamos o desenho, implementação e monitoramento de ações, que possam compor políticas governamentais ou corporativas em direção à sustentabilidade.